A SEMANA AGORA

Prefeitura de Cuiab | Poltica de Segurana Alimentar assegura a capacidade de fornecimento de mais de 80 mil refeies por ms

dezembro 27, 2023 | by asemanaagora.com.br

A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, assegura a capacidade de atendimento de mais de 80 mil refeições por mês, somando-se às principais fontes da política de Segurança Alimentar.

Segundo a titular da pasta, Hellen Ferreira, dentro da chamada política setorial existem diversos programas, projetos, serviços e benefícios que garantem o atendimento de mais de 130 mil pessoas inseridas no CadÚnico.

Ações como a reestruturação do Restaurante Popular, oferta de alimentação à população de rua e os convênios com restaurantes privados do programa Prato Cheio proporcionam, em sua capacidade máxima, o número de 3,3 mil refeições diárias.

Essas iniciativas estão presentes no plano Brasil Sem Fome, assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro em setembro, que firmou o compromisso de combater a insegurança alimentar em Cuiabá.

A secretária ressalta ainda a abordagem transversal da Prefeitura de Cuiabá em relação à política de alimentação, evidenciando o compromisso em estender seus benefícios para além do âmbito tradicional. “A administração municipal direciona esforços não apenas para o recolhimento e distribuição de alimentos, mas também para áreas complementares que impactam diretamente na qualidade de vida da comunidade, como, por exemplo, o banco de alimentos, agricultura familiar e alimentação escolar ofertadas nas escolas do município”, disse Ferreira.

Prato Cheio

O programa Prato Cheio, recentemente iniciado, já mantém convênio com quatro restaurantes nos bairros Pedregal, Santa Isabel, Pedra 90 e Residencial Coxipó.

São 167 pessoas referenciadas, via Centro de Referência em Assistência Social, que possuem acesso à alimentação social ao preço de R$ 2,00.

A capacidade máxima do programa abrange 20 restaurantes que totalizam a oferta de 26 mil refeições mensais.

“Esse programa tem um grande alcance social porque ele descentraliza a política de segurança alimentar, fazendo com que pessoas nos bairros mais distantes tenham acesso à alimentação social próximo de casa”, elencou a primeira-dama Márcia Pinheiro, idealizadora do projeto.

Restaurante Popular

Já o  Restaurante Popular centraliza a alimentação social, oferecendo à população da região central de Cuiabá a refeição também ao preço de R$ 2,00.

A unidade foi amplamente reestruturada em diversas áreas, desde a modernização da cozinha até a renovação da área de atendimento e refeições.

As instalações foram sendo atualizadas para garantir que os padrões de higiene e segurança alimentar sejam rigorosamente mantidos.

Somente na reabertura, foram servidas 300 refeições dentro de um alcance diário de 1,7 mil.

População em situação de rua

Outra frente de atuação da política de segurança alimentar é a destinação de refeições à população de rua feita rotineiramente pela recém-conveniada Norte e Sul.

A nova licitação garantiu o aumento da capacidade em 33%, o que representa 600 refeições diárias e o número de 15,6 mil refeições mensais.

Somente este ano, mais de 126 mil refeições foram entregues a esse público que se enquadra no perfil de extrema vulnerabilidade social.

Além da alimentação social, a pasta também oferece o acolhimento institucional, via os albergues municipais, além de outros encaminhamentos para proporcionar a saída da condição de rua.

RELATED POSTS

View all

view all