A SEMANA AGORA

Seop e Guarda Municipal apresentam planejamento operacional de ordenamento para o Réveillon – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

December 28, 2023 | by asemanaagora.com.br

Os agentes da Seop vão coibir a venda de bebidas em garrafa de vidro na orla de Copacabana – Fábio Costa/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria de Ordem Pública (Seop) e da Guarda Municipal (GM-Rio), montou um esquema especial para celebrar o Réveillon de 2023/24, em Copacabana, na Zona Sul da cidade, que contará com 1.240 agentes em ações de ordenamento urbano, de trânsito, além de promover a segurança dos cariocas e turistas que assistirão à queima de fogos. O efetivo atuará em turnos, a partir das 7h do dia 31 de dezembro até o dia 1º de janeiro. Do total, 388 guardas municipais serão empregados exclusivamente no monitoramento e fiscalização do trânsito. Além disso, a operação vai contar com o apoio de 134 viaturas, entre carros e motos, e 21 reboques.

– O foco das ações será o ordenamento urbano e também o auxílio às forças policiais na prevenção e na segurança. Lembrando que vamos atuar para apreender e coibir a venda em garrafas de vidro, com foco na integridade física das pessoas, além de alertar a população sobre os horários de proibição de estacionamento, para que a gente não precise usar o reboque. Também estão proibidos os cercadinhos nas areias por parte de quiosques e de ambulantes. Isso é muito importante para que a gente possa ter a área de circulação preservada e que se tenha festas por toda a cidade com segurança e com ordem pública – destacou o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

Somente nas ações de ordenamento urbano e com foco no bem-estar e segurança dos cidadãos serão mais de 60 postos de atuação da Guarda Municipal na orla e vias de acesso à Copacabana, com atenção especial a pontos de bloqueio e suporte no entorno dos postos médicos montados pela Secretaria Municipal de Saúde.

A Seop vai contar com oito bases de apoio espalhadas por Copacabana, sendo uma fixa e as demais com carros ou motos, além de patrulhamento ostensivo do Forte de Copacabana até o Leme. A equipe da secretaria vai coibir os ambulantes e carros estacionados de forma irregular, para proporcionar maior fluidez nas ruas e calçadas do bairro, fiscalizar os ambulantes fixos nas faixas de areia, coibir a venda de bebidas em garrafa de vidro, remover veículos piratas, inspecionar os táxis, fazer o atendimento às pessoas em situação de rua, além de manter a ordem e segurança dos passageiros nas viagens de BRT com destino às praias.

Como nas edições anteriores, o Centro de Comando e Controle Móvel ficará estacionado na Avenida Atlântica, esquina com a Rua República do Peru, com acesso ao Mapa Operacional da GM-Rio que monitora em tempo real a localização de cada agente, dando mais agilidade no flagrante e coerção de delitos. A operação contará ainda com agentes do Grupamento de Operações com Cães (GOC) atuando no entorno das estações do metrô Siqueira Campos e Cardeal Arcoverde, em ação preventiva de patrulhamento e em apoio ao público, com o foco na promoção da sensação de segurança. Também serão montadas cinco tendas operacionais, sendo duas no Leme e três em Copacabana para dar suporte ao Subgrupamento de Operações de Praia (SGOP) que fará rondas na faixa de areia.

– Nosso foco principal é manter a ordem para que todos aqueles que escolheram Copacabana para festejar a chegada de 2024 possam se sentir seguros e acolhidos na nossa cidade, desde os moradores até os visitantes de outros estados e países. Nossas equipes estarão presentes em diversos pontos da orla e nos acessos ao bairro, sendo de fácil identificação para os cidadãos que precisarem de auxílio. Vale destacar também que há total integração com os demais órgãos da Prefeitura e com as forças de Segurança para garantir o bem-estar de todos! – afirmou o inspetor geral José Ricardo Soares, comandante da GM-Rio.

Todas as mercadorias apreendidas serão colocadas em caminhões baseados em Copacabana e depois encaminhadas para o depósito público, dando agilidade no serviço operacional. Estarão envolvidos na Operação do Réveillon, os agentes da Seop da Subsecretaria de Operações, Coordenadoria de Controle Urbano e Especial de Transporte Complementar, a Gerência de fiscalização de estacionamentos e reboques, e agentes dos programas Rio+Seguro, BRT+Seguro e Coordenadoria de Ações Territoriais Integradas.

Ações de controle e fiscalização de trânsito

Do total do efetivo, 388 guardas vão atuar exclusivamente no controle e na fiscalização do trânsito. As equipes do Grupamento Especial de Trânsito farão a implantação e o monitoramento dos pontos de bloqueio de acordo com o planejamento feito pela CET-Rio. Os guardas municipais também ficarão responsáveis pela implantação dos bloqueios na área de lazer, fiscalização da proibição de estacionamento na Avenida Nossa Senhora de Copacabana, e a fiscalização e o monitoramento das estações do metrô. Os agentes vão monitorar também pontos estratégicos para fiscalizar o estacionamento de ônibus fretados. Para realizar as ações de trânsito, as equipes terão o suporte de rádios transmissores e smartphones para o contato direto com o Centro de Operações (COR), permitindo a comunicação imediata em situações de emergência ou em relação a mudanças de sinalização, priorizando a fluidez e a escoação do público ao término do evento.

Ronda Maria da Penha

Neste ano, as equipes da Ronda Maria da Penha também terão atuação especial no Réveillon de Copacabana, dando apoio às ações da Secretaria de Políticas e Proteção e da Mulher (SPM). Elas poderão ainda agir em casos de flagrantes de agressões e outras violências contra mulheres durante os festejos.

 

A GM fará a distribuição de pulseiras de identificação para crianças – Fábio Costa/Prefeitura do Rio

 

Identificação de crianças

A GM-Rio também realizará a distribuição de pulseiras de identificação para crianças que vão participar do evento. As pulseiras são feitas com material impermeável e bastante resistente permitindo seu uso na água do mar. A distribuição será feita pelos guardas municipais que estarão nas barreiras de acesso à Praia de Copacabana e também na orla. A ação, que já é tradicional nesse período, é mais uma ferramenta para auxiliar na rápida identificação de crianças caso se percam dos responsáveis.

BRT Seguro
Os agentes do programa BRT Seguro irão atuar para combater a evasão, atos de vandalismos e a permanência de ambulantes irregulares, além de fazer o acolhimento de pessoas em situação de rua, com o intuito de proporcionar segurança à população que vai se deslocar usando esse meio de transporte para aproveitar o evento de virada de ano.

As ações serão feitas com viaturas caracterizadas com direcionamento e patrulhamento de efetivo exclusivo que além da cobertura nos corredores das extensões da Transoeste, abrangendo as áreas do Recreio, Barra da Tijuca, Guaratiba, Santa Cruz, Paciência, Cosmos, Gramado e Campo Grande; Transcarioca, abrangendo a Barra da Tijuca, Curicica, Jacarepaguá, Taquara, Tanque, Praça Seca, Campinho, Madureira, Vaz lobo, Vicente de Carvalho, Penha, Olaria, Ramos, Complexo da Maré, Fundão e Ilha do Governador; e a Transolímpica, abrangendo o Recreio, Colônia, Boiúna, Sulacap, Mallet, Magalhães Bastos e Vila Militar. Os agentes estarão atuando durante este período em conjunto com os demais órgãos municipais e estaduais, visando a manutenção da ordem pública em toda extensão de abrangência.

Bases de apoio da Seop

A secretaria vai ter oito bases de apoio pelo bairro de Copacabana, sendo fixas e com carros ou motos de apoio.

Base Fixa – Praça Serzedelo Correa Rua: Hilário Gouveia com Siqueira Campos;
Baseamento 1 – Rua: Francisco de Otaviano com Avenida Nossa Senhora de Copacabana;
Baseamento 2 – Rua: Santa Clara com Avenida Atlântica;
Baseamento 3 – Rua: Hilário Gouveia com Avenida Atlântica;
Baseamento 4 – Rua: Siqueira Campos com a Barata Ribeiro;
Baseamento 5 – Avenida Nossa Senhora de Copacabana com Praça do Lido;
Baseamento 6 – Ponto de ônibus na Avenida Princesa Isabel com Rua Almirante Viveiros de Castro;
Baseamento 7 – Avenida Princesa Isabel com Avenida Atlântica.

Horário de funcionamento especial para as barracas

A Seop autorizou, durante a virada do ano, que todos os ambulantes fixos regulares possam trabalhar ininterruptamente. Os vendedores estarão autorizados a comercializar a partir das 7h do dia 31/12 e encerrar as vendas às 20h do dia 1° de janeiro. Vale lembrar que o ambulante deve abastecer e/ou repor mercadorias da barraca até as 15h do dia 31 de dezembro. Caso esgote os produtos, só poderão ser repostos a partir das 7h do dia 1° de janeiro.

No dia 30 de dezembro, o horário é o mesmo dos dias úteis, das 7h às 20h, não sendo permitido realizar vendas depois desse horário. A secretaria ressalta que os equipamentos, objetos e mercadorias do comércio ambulante em pontos fixos nas praias do Rio poderão ser mantidos, em caráter excepcional, nos próprios locais autorizados para o exercício da atividade. Das 20h do dia 30/12 até as 7h do dia 31, o vendedor não poderá efetuar a venda de nenhum produto nesse período para o consumidor, pois estará sujeito a multa. Os ambulantes que descumprirem as normas da prefeitura poderão ter suas mercadorias e equipamentos apreendidos, e até autuados.

Categoria:

  • 27 de dezembro de 2023
  • Marcações: esquema GM Ordenamento planejamento Réveillon seop

    RELATED POSTS

    View all

    view all