A SEMANA AGORA

Em ritmo de alegria e interação social, Unidades de Acolhimento da SAS encerram atividades para crianças e adolescentes afastados do convívio familiar

dezembro 29, 2023 | by asemanaagora.com.br

Interação Social, alegria e muita emoção marcou o encerramento das atividades desenvolvidas pela Gestão de Proteção Social Especial da SAS. As comemorações de final de ano proporcionaram momentos de fortalecimentos de vínculos para usuários afastados do convívio familiar das Unidades de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (UAICA’s), entre diversas comemorações eles puderam desfrutar de uma Ceia de Natal na Paróquia São João Bosco e tiveram ainda oportunidade de visitar o maior parque aquático da capital.

Um momento marcante para as crianças e adolescentes das quatro unidades de acolhimentos que integram a Rede de Assistência Social do município, foi a Ceia de Natal oferecida pela Paróquia São João Bosco. O jantar aconteceu pelo segundo ano seguido, reunindo mais de 60 acolhidos, uma noite cheia de significados, a ceia reuniu as crianças e adolescentes que puderam vivenciar a magia natalina recebendo afeto e carinho em um ambiente de comunhão, relembrando o seio familiar, fortalecendo a alegria de viver a infância tendo os seus direitos garantidos.

Para a coordenadora da UAICA III, Lucilene Corrêa, que conta com 17 meninas com idades entre 12 e 17 anos acolhidas na unidade, atividades como estas geram desenvolvimento das relações afetivas mais próxima ao ambiente familiar, segundo a coordenadora, as adolescentes esperam com grande expectativa essa data especial.

“As meninas estavam ansiosas, contanto os dias para a Ceia. Elas preparam com alegria as roupas que iam vestir e se arrumaram, quando chegaram no local ficaram encantadas com cada detalhe, inclusive com o capricho da mesa posta”.

A coordenadora afirmou ainda, que além do jantar o encontro promoveu interação, dinâmicas e muitas brincadeiras entres os acolhidos. Outro detalhe importante foi que todos foram presenteados com os mimos desejados, já que dois meses antes do evento eles escreveram uma cartinha para o “papai noel” relatando o que gostariam de ganhar de presente.

Tereza Cristina Miglioli Bauermeister, Superintendente da Proteção Social e Especial da SAS falou da alegria em ver os acolhidos em um dia diferente. “Eu estou feliz em ver vocês felizes, natal é estarmos juntos celebrando com paz e harmonia, e hoje nós festejamos com vocês. Gratidão aos servidores que acreditam na valorização do próximo e atuam com dedicação e profissionalismo”, pontuou.

Entre várias confraternizações oferecidas nas unidades, outro momento importante foi o passeio no Eco Park Clube, pelo terceiro ano consecutivo as UAICA’s recebem a oferta do clube para reunir os menores em um dia de lazer. A comemoração foi marcada por atividades recreativas, brincadeiras, lanche, almoço, brindes e muito contato com a natureza, o evento contou com a presença de 55 crianças, além dos cuidadores, técnicos e coordenadores.

A gerente do serviço de Proteção Social Especial, Ivoni Nabhan Pelegrinelli, ressaltou o trabalho dos servidores e agradeceu a parceria da equipe do Eco Park. “Esse momento de interação social é importante para os nossos acolhidos, muitos deles nunca tiveram a oportunidade de estar em um local que oferece tanta diversão. Só temos a agradecer ao Eco Park por ceder esse espaço, e não posso deixar de ressaltar o trabalho de excelência de toda nossa equipe.”

A menor de 15 anos, acolhida há 9 meses na UAICA III, falou da experiência em poder participar pela primeira vez dos eventos de final do ano. “Foi maravilhoso tudo que vivi durante estes dias, sair da rotina da casa, ver outras pessoas e interagir foi muito legal. Recebemos o carinho e o cuidado de todos”, disse a adolescente.

Para o Secretário Municipal de Assistência Social, José Mário Antunes, momentos como estes são importantes para reforçar a interação social e a autoestima dos acolhidos. “O objetivo da SAS é oferecer atividades que contribuem para a proteção integral das crianças e dos adolescentes, sem dúvidas esses eventos são marcantes para eles. Nós podemos ver o brilho nos olhos e a alegria de cada um”, concluiu o secretário.

 

Atividades e acolhimento

Através das quatro Unidades de Acolhimento Institucional para Crianças e Adolescentes (UAICA’s), a SAS oferta o serviço de acolhimento provisório para bebês, crianças e adolescentes afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva, podendo acolher no total até 80 usuários. A função de cuidado e proteção acontece até que seja viabilizado o retorno ao convívio familiar ou encaminhamento para família substituta.

Nas unidades, os acolhidos são acompanhados por profissionais que trabalham para atender as necessidades e direitos dos usuários, disponibilizando um espaço acolhedor, com estrutura física e recursos materiais que contribuem com o desenvolvimento pedagógico e social dos acolhidos.

RELATED POSTS

View all

view all