A SEMANA AGORA

Prefeitura intensifica ações de combate ao mosquito da dengue

janeiro 11, 2024 | by asemanaagora.com.br

Cláudio Souza


Secretaria de Saúde

As ações de combate ao Aedes aegypti – transmissor de doenças como dengue, chikungunya e zika – foram intensificadas pela Prefeitura de São José dos Campos.

A partir desta quarta-feira (10) e até o dia 31, os agentes de combate a endemias ampliarão o horário da avaliação de densidade larvária, com visitas às residências se estendendo até as 20h.

Nesta semana, o trabalho de vistoria e conscientização para evitar criadouros de larvas do mosquito está sendo executado nos bairros Cidade Morumbi, Jardim Oriental e Jardim Oriente, na região sul.

É essencial a colaboração dos munícipes, redobrando os cuidados e sendo cordiais com os agentes, deixando que entrem nas casas para avaliação dos quintais, vasos de plantas e ralos. Eles estão trabalhando para garantir a saúde de todos.

Caso identifique terrenos abandonados ou locais que possam ser criadouros do mosquito, entre em contato pela Central 156 (telefone, site e aplicativo).

Prevenção

A primeira avaliação larvária de 2024, que começou no dia 2, ocorrerá em 42 áreas urbanas do município, com análise de 3.167 quarteirões, abrangendo 17.771 imóveis.

Realizada a cada trimestre, ela é necessária para acompanhar os níveis de infestação ao longo do tempo, identificando as áreas prioritárias para as ações de combate ao mosquito.

O levantamento possibilita verificar onde há maior predominância e o tipo de criadouro (recipiente que possa acumular água) mais comum em cada região.

Alerta

As ações preventivas realizadas pela Prefeitura – Operação Casa Limpa, arrastões nos bairros e a conscientização dos munícipes – possibilitaram a redução de 38% nos casos de dengue em 2023 em comparação ao ano anterior.

Não houve mortes pela doença em São José no ano passado. No Brasil, foram registrados 1.079 óbitos até 27 de dezembro, data da última atualização feita pelo Sinan (Sistema de Informação de Agravos de Notificação).

Mesmo com os bons resultados, a cidade começa 2024 em estado de alerta. Com a chegada do verão, com altas temperaturas e dias chuvosos, já foram registrados 100 casos nos 9 primeiros dias do ano, um número 699% maior do que os 13 do mesmo período de 2023.

Em relação a 2015, ano em que o município enfrentou epidemia de dengue, o aumento nos nove primeiros dias de janeiro foi de 59%.

Cuidados

Ações em casa para evitar criadouros

  • Elimine pratos de vasos de planta e recipientes que sejam possíveis criadores, como latas, cascas de ovos e tampas de garrafas
  • Mantenha vedados tanques, caixas d’água, cisternas, tambores e outros reservatórios
  • Conserve canaletas e calhas desobstruídas
  • Lave e escove bebedouros de animais no mínimo uma vez por semana
  • Mais informações e orientações


MAIS NOTÍCIAS

Secretaria de Saúde

RELATED POSTS

View all

view all