A SEMANA AGORA

Agência Minas Gerais | Participação em tradicional Feira de Móveis de Minas Gerais fecha série de compromissos do governador na Zona da Mata

janeiro 23, 2024 | by asemanaagora.com.br

O governador Romeu Zema participou, nesta segunda-feira (22/1), da 16ª edição da Feira de Móveis de Minas Gerais (Femur), realizada em Ubá, na Zona da Mata. A cidade é o maior polo moveleiro de Minas Gerais e o terceiro do país, o que gera emprego e renda para milhares de famílias e população local.

A feira deve reunir 20 mil pessoas, em média, durante os quatro dias de evento (22 a 25/1). Na ocasião, o governador destacou que a feira é importante pelos números superlativos da cadeia e também pelos clientes que atrai, de todo o Brasil e também do exterior. 

“É preciso mostrar aquilo que nossa indústria produz para clientes em potencial. Então, este é o momento de fabricantes, que são centenas aqui na região, mostrarem lançamentos, novidades, inovações. Além disso, é um turismo de negócios. Eu tenho a certeza de que os hotéis devem estar lotados em toda a região. E isso gera movimentação econômica. Como governador, tenho enorme satisfação em comparecer em um evento tão importante para o estado”, destacou.  

Em Minas Gerais, o setor moveleiro é de grande importância para o mercado de trabalho, segmento que gera 15,2% dos empregos. Na região, absorve 13,2% da mão de obra, com mais de 15 mil vagas. 

 


Gil Leonardi / Imprensa MG

Empreendedorismo

Mais cedo, o governador cumpriu agendas de trabalho na cidade de São Geraldo, também na Zona da Mata. Na oportunidade, ele conheceu as instalações da fábrica da Torresmo UAI, empresa familiar de destaque na região. 

Fundada por Maria Imaculada de Freitas, em 2020, e mantida em conjunto com suas duas filhas e marido, a empresa viu a produção saltar de oito quilos mensais para meia tonelada em 2024. Agora, o plano é expandir as vendas para todo o estado e para o restante do país.  

“Minha mãe tinha uma loja de roupas que fechou com a pandemia. Então, ela aprendeu a receita de torresmo com uma amiga, viu que era um bom produto e começou a vender para os vizinhos e para os amigos mais próximos”, contou a administradora da fábrica, Flaviele Freitas. 

A família começou na cozinha da casa de Maria Imaculada, com ela cortando tudo com as próprias mãos. “Aí fomos comprando materiais para expandir, conforme a demanda crescia. Hoje, temos duas pessoas contratadas para ajudar e vamos expandir a fábrica. Um novo local será construído a partir de março”, disse. 

 


Gil Leonardi / Imprensa MG

Incentivo ao empreendedorismo 

Para o governador, a empresa mostra como o empreendedorismo faz toda a diferença. 

“Conheci a família da dona Imaculada, que produz essa delícia que é o Torresmo UAI. Eu provei e realmente trata-se de um produto diferenciado. E o nosso governo tem dado todo o apoio às microempresas, ajudando a divulgar os produtos, com incentivo e linhas de crédito. Isso faz toda a diferença para toda a cadeia produtiva. É mais investimento, mais emprego e mais produtos mineiros levados para todo o Brasil”, destacou o governador. 

Romeu Zema reforçou que o Governo de Minas tem trabalhado pelo empreendedor e para que Minas seja um bom lugar para a criação de negócios. 

Como resultado desses esforços, Minas alcançou a marca de R$ 114,4 bilhões em volume de investimentos privados atraídos em 2023, um recorde histórico desde 1998. 

Minas encerrou o ano de 2023 com um total de 85.904 novas empresas constituídas em todo o estado. O número representa crescimento de 10,54% em relação a 2022. 

RELATED POSTS

View all

view all