A SEMANA AGORA

Agência Minas Gerais | Governo e Associação de Cidades Históricas de MG lançam o Carnaval da Liberdade e da Tranquilidade

janeiro 26, 2024 | by asemanaagora.com.br

O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo (Secult), em parceria com a Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais (ACHMG), lançou nesta quinta-feira (25/1), no Palácio da Liberdade, o Carnaval da Liberdade e o Carnaval da Tranquilidade nas cidades históricas. O objetivo é promover a diversidade do festejo mineiro e, em especial, nos municípios que se destacam por reunir blocos caricatos, escolas de samba, bandas, além de oferecer atividades para toda a família e passeios em sítios históricos, cachoeiras, trilhas e lagos.  

Durante o evento, houve a apresentação do bloco Catas Reggae, de Catas Alta, e do Zé Pereira dos Lacaios, reconhecida como a agremiação mais antiga do Brasil, sendo fundada em 1867.

O lançamento se soma às ações de promoção do Carnaval 2024, como a divulgação do Carnaval da Liberdade e da Tranquilidade no portal Minas Gerais e em campanha nacional, abrangendo oito capitais, como Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília e Salvador.

“Nessa campanha, nós colocamos uma frase muito interessante: ‘em Minas Gerais, o Carnaval é na rua e as nossas ruas são históricas’”, frisou o secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas Oliveira, que, ressaltou, também a importância do fomento ao Carnaval de forma descentralizada em Minas Gerais.“Neste ano, estamos fazendo um reequilíbrio das contas com os municípios do interior, seja no aporte de recursos, seja na promoção do Carnaval e de modo especial das cidades históricas”, completou Oliveira.

Em 2024, cerca de 450 municípios mineiros vão oferecer programação com opções tanto para o público que gosta da folia (Carnaval da Liberdade) quanto aquele que procura sossego no feriado (Carnaval da Tranquilidade). O prefeito de Ouro Preto e presidente da ACHMG, Angelo Oswaldo, destacou que o Carnaval das cidades históricas é inclusivo e vibrante. 

“Todo mundo pensa que cidades históricas só tem Semana Santa, mas, na verdade, nós temos um belíssimo Carnaval, um Carnaval tradicional, das cidades mineiras, do interior, da família, da casa da avó, das brincadeiras de rua, da improvisação dos blocos, aquele Carnaval gostoso, descontraído”, detalhou Oswaldo.

São 32 municípios que integram a ACHMG, dentre eles Ouro Preto, Diamantina, Sabará, Tiradentes, Caeté, Congonhas, Itabira, Mariana, São João del-Rei, Santa Luzia, Brumadinho, Januária, Catas Altas e Conceição do Mato Dentro. Cada cidade terá uma programação própria que será atualizada no portal Minas Gerais.

Dentre esses municípios, três deles abrigam Patrimônios Culturais da Humanidade reconhecidos pela Unesco. São eles, Ouro Preto, Diamantina e Congonhas, onde está o Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, concebido pelos artistas Aleijadinho e Manoel da Costa Athaíde e uma das obras-primas do barroco mundial.

Ouro Preto, que possui um dos carnavais mais tradicionais do interior, tem a expectativa de atrair cerca de 25 mil pessoas, e terá desfiles de aproximadamente 50 blocos carnavalescos, como o Vermelho e Branco, a Bandalheira e o Zé Pereira dos Lacaios. Além disso, shows e escolas de samba da cidade movimentam a festa na cidade.

Em Diamantina, a 290 quilômetros de Belo Horizonte, a programação vai abranger tanto o público do Carnaval da Liberdade quanto do Carnaval da Tranquilidade. “Nós temos inovado no Carnaval, fizemos um resgate histórico dos blocos, e teremos apresentação de mais de 50 blocos este ano. Teremos também uma apresentação numa arena com shows para que a juventude possa se confraternizar, mas temos uma prioridade de atender a família com essa tranquilidade para que as pessoas possam ir se divertir, os pais com os filhos, os avós com os netos, de uma forma bem tranquila”, comentou o vice-prefeito de Diamantina, Alexandre Magno.

Santa Bárbara também prepara uma festa com bandas de diversos estilos, do samba ao pagode. Itabira, terra natal de Carlos Drummond de Andrade, terá como tema o clássico de Gal Costa “Balancê”, realizando um tributo à cantora e receberá apresentações de blocos de Belo Horizonte, como o Então Brilha e o Me beija que sou pagodeiro, entre outras atrações. Em Itapecerica, no Centro Oeste mineiro, o tradicional Carnaval Itabeleza será agitado pelos tradicionais blocos da cidade: Mal Dormidos, Suvaco de Cobra, Balaco Baku e Só a Nata, que irão fazer seus desfiles e arrastar os foliões pelas ruas do centro histórico.

Já Caeté vai realizar o seu Carnavrau! como uma das comemorações oficiais que celebra os 310 anos do município, com shows e desfiles no centro histórico. Sabará oferecerá ao folião um Carnaval descentralizado, tendo pontos em bairros e distritos, como no bairro Nações Unidas e em Ravena. A exposição “A experiência do Carnaval de Sabará”, no Solar do Padre Correia, vai apresentar ao visitante um pouco da história da antiga Vila de Sabarabuçu.

Em Tiradentes, haverá o desfile de cerca de 24 blocos que contagiam o público em seu cortejo pelo centro histórico. São João del-Rei, além dos tradicionais blocos e escolas de samba, também se destaca pelo patrimônio histórico e a diversidade natural no entorno da região.  

Confira, a seguir, a relação completa de municípios que integram a Associação das Cidades Históricas de Minas Gerais:

Brumadinho, Baependi, Barão de Cocais, Bom Jesus do Amparo, Conceição do Mato Dentro, Caeté, Catas Altas, Cataguases, Congonhas, Campanha, Diamantina, Diogo de Vasconcelos, Itabira, Itabirito, Itapecerica, Januária, Lagoa Santa, Mariana, Nova Era, Nova Lima, Ouro Preto, Ouro Branco, Paracatu, Pitangui, Prados, Santa Bárbara, Serro, São João del-Rei, São Thomé das Letras, Sabará, Santa Luzia e Tiradentes.

RELATED POSTS

View all

view all