A SEMANA AGORA

Comunidade Sucuri recebe ação descentralizada do Cadastro Único – CGNotícias

February 23, 2024 | by asemanaagora.com.br

Os moradores da Comunidade Sucuri, localizada em uma área rural a 15 quilômetros do assentamento do Aguão irão receber, na próxima terça-feira (27), equipe da Secretaria de Assistência Social (SAS). A equipe irá realizar uma ação para atender a população local com encaminhamentos e orientações pertinentes ao Cras Indubrasil, além de informações, atualização e regularização do Cadastro Único.

Esta será a primeira ação descentralizada do ano e a expectativa é atender pelo menos 60 famílias, a maioria residente em chácaras. Conforme o superintendente da Proteção Social Básica, Artêmio Versoza, o atendimento será em parceria com a equipe médica da UBS que atende a região. “Esse atendimento da unidade de saúde é rotineiro, eles que solicitaram ao Cras que fossemos lá para atender os usuários”, disse.

A ação acontece na Associação da Comunidade do Sucuri, e pretende aproximar os serviços dos 21 Centros de Referência de Assistência Social (Cras) das comunidades que residem distantes das unidades, por isso ações semelhantes ocorrerão todos os meses nas regiões de abrangência das unidades, organizadas por lideranças de bairro, entidades e profissionais da Rede de Assistência do município.

Os técnicos levam atendimentos de orientação e encaminhamentos diversos, atualização e/ou inclusão no Cadastro Único para Programas Sociais que dão acesso a Programas como o Bolsa Família, Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros.

No ano passado foram realizadas oito ações em comunidades, totalizando 641 atendimentos. Mesmo os usuários que não atendem aos requisitos do Bolsa Família são convidados a participar da ação, já que podem ser contemplados por outras formas de benefício, como o Auxílio Gás, a Tarifa Social de Energia e o Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS), além de atualização e/ou inclusão no Cadastro Único.

Personalizado

Os técnicos do Cadúnico também organizam, durante o ano, visitas e ações em comunidades quilombolas e povos indígenas. Estas ações atendem a Resolução nº 96, que instituiu o Programa de Fortalecimento Emergencial do Atendimento do Cadastro Único no Sistema Único da Assistência Social (Procad – Suas).

O programa tem como princípios o fortalecimento do atendimento integral e cadastramento das famílias vulneráveis no Cadastro Único, além do atendimento prioritário das famílias pertencentes aos Grupos Populacionais Tradicionais e Específicos (GPTE), em especial a população em situação de rua, os povos indígenas e as crianças em situação de trabalho infantil.

As famílias que se declaram pertencentes aos Grupos Populacionais Tradicionais e Específicos (GPTE) como famílias indígenas, de pescadores artesanais, famílias acampadas, de catadores de material reciclável, dentre outras, recebem Cadastramento Diferenciado por suas peculiaridades no modo de vida, ou seja, a partir do respeito às diferenças e especificidades de cada povo, esses usuários podem ser atendidas com metodologias diferenciadas.

 

RELATED POSTS

View all

view all