A SEMANA AGORA

Escoteiras comemoram Dia Internacional da Mulher no Planetário do Rio – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

March 9, 2024 | by asemanaagora.com.br

Escoteiras conheceram as experiências da Nave Escola do Planetário do Rio – Roberto Moreyra / SMTE

No Dia Internacional da Mulher, o Planetário do Rio recebeu uma trupe que é fã das estrelas. Representantes de sete grupos de escoteiros do Rio e um de Guapimirim foram conferir de perto as atrações programadas pela Nave da Ciência e da Diversão para essa sexta-feira especial. Escoteira desde os 12 anos, Nina Hartz, de 19, se encantou com as palestras da astrônoma Flavia Pedrosa, a primeira mulher a ocupar o cargo na história do Planetário do Rio, e da escritora Sônia Rosa, autora de mais de 50 obras infanto-juvenis publicadas e finalista do Prêmio Jabuti em 2020 e 2021.

– Se você faz com que mais pessoas venham a um ambiente como esse, que tem experimentos e coisas que te deixam impressionados com a Ciência, isso vai fazer com que mais pessoas tenham esse mesmo interesse que eu tenho – afirma Nina Hartz, que se apaixonou pelo escotismo após sua primeira atividade, realizada justamente no Planetário do Rio, na Gávea.

O Planetário do Rio, o maior da América Latina, abriu suas portas no Dia Internacional da Mulher com entrada franca para as mulheres. Sônia Rosa, professora aposentada da rede municipal e que viveu a infância no Parque Proletário da Gávea, antiga favela localizada onde hoje é o Planetário do Rio, enalteceu a bravura das mulheres. E relatou a sua história de superação: de moradora de uma comunidade removida à escritora renomada, reconhecendo que hoje, passados mais de 60 anos, sua vida é bem diferente.

– Essa é a marca das mulheres, a luta. Com a luta é que a gente consegue – garantiu Sônia à plateia.

Flavia Pedrosa, que representou o Planetário do Rio ao lado da estudante de Astronomia Ana Clara da Rocha, estagiária da instituição, lembrou que quando ingressou na graduação, nos anos 1990, foi uma das poucas mulheres a concluírem o curso.

– Hoje, nas faculdades de Astronomia, há um crescente número de alunas, já é quase meio a meio”, destacou Flavia.

A astrônoma incentivou as mães a continuarem levando suas filhas ao Planetário, para despertar nelas o interesse pela Ciência. Antes do debate, ela ofereceu aos 120 espectadores uma sessão especial de cúpula, com o tema “O Céu do Rio de Janeiro”.

Ao fim da programação, houve distribuição de brindes, com sorteios de cortesias do Planetário e ingressos para peças teatrais no Teatro Domingos Oliveira, localizado no complexo da instituição. O Planetário do Rio fica na Rua Vice-Governador Rubens Berardo 100, na Gávea. Os ingressos para visitar o Museu do Universo e assistir a uma sessão de cúpula custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada).

Marcações: Dia Internacional da Mulher Planetário do Rio Prefeitura do Rio prefeitura do Rio de janeiro

RELATED POSTS

View all

view all