A SEMANA AGORA

Prefeitura do Rio trabalha na recuperação das margens do Canal da Avenida Visconde de Albuquerque, no Leblon – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

March 12, 2024 | by asemanaagora.com.br

A Fundação Rio-Águas está concluindo a recuperação das margens do Canal da Visconde de Albuquerque – Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Fundação Rio-Águas e com o apoio da Subprefeitura da Zona Sul, trabalha na recuperação das margens do Canal da Avenida Visconde de Albuquerque, no Leblon. As cinco travessias do curso d’água também serão requalificadas e novas jardineiras construídas para infiltrar a água da chuva no solo.

– Já havíamos realizado a recuperação das muretas do canal e agora damos continuidade ao trabalho de revitalização recuperando suas margens e também as calçadas. A Avenida Visconde de Albuquerque é um importante eixo de ligação entre a Gávea e o Leblon e estamos trabalhando para entregar uma obra bonita e eficiente para quem circula pelo local – ressaltou o subprefeito da Zona Sul, Flávio Valle.

Os serviços beneficiam a extensão de mais de 1.400 metros de canal com a recuperação das margens e representam o investimento de R$ 3,3 milhões do município. As calçadas também serão refeitas nas travessias e as rampas de acessibilidade ampliadas.

– O Canal da Avenida Visconde de Albuquerque é uma referência no bairro do Leblon. Estamos trabalhando para melhorar a conservação das margens dele. No canal, a recuperação está sendo feita em concreto e com blocos de pedra. Já nas margens, estamos alargando as áreas ocupadas pelas árvores e construindo novas jardineiras em alguns trechos, facilitando a absorção da água pela natureza e dando mais harmonia à paisagem – explicou o presidente da Fundação Rio-Águas, Wanderson Santos.

O Canal da Avenida Visconde de Albuquerque recebe o Rio Rainha e a drenagem de parte dos bairros do Leblon e Gávea. Os serviços têm previsão de conclusão neste primeiro semestre.

Jardins de flores para receber a água da chuva

Uma novidade são as novas jardineiras que serão construídas no trecho entre Avenida Bartolomeu Mitre e a Praça Sibelius, aumentando a área permeável. Parte das calçadas em concreto será substituída pelos jardins, que facilitarão a absorção da água naturalmente pelo solo. Lírios-da-paz e camarões amarelos são as espécies de flores escolhidas para serem plantadas, por serem de sombra.

A calçada próxima à Escola Estadual André Maurois também ganhará seis canteiros drenantes. Estas jardineiras serão um pouco diferente das demais, pois conduzirão a água da chuva à rede de drenagem que passa sob a calçada. A implantação de mais áreas permeáveis e de canteiros drenantes na cidade segue as novas tendência da engenharia, das chamadas Soluções baseadas na Natureza.

– A Fundação Rio-Águas tem trabalhado para aumentar o número de áreas verdes de infiltração da água da chuva na cidade, como alternativa para reduzir alagamentos, e planeja implantar em outras regiões. Outro canteiro drenante foi construído com flores ornamentais e resistentes a áreas alagadas em Jacarepaguá”, destacou Wanderson Santos.

 

Projeção de como ficarão as margens da Avenida Visconde de Albuquerque – Reprodução

Marcações: água Avenida Visconde de Albuquerque canal chuva drenagem jardim Leblon recuperção

RELATED POSTS

View all

view all