A SEMANA AGORA

Com músicas, atividades e mosquito feito de garrafa pet, alunos da Reme aprendem a combater a dengue – CGNotícias

March 18, 2024 | by asemanaagora.com.br

Conscientizar e ensinar os alunos, desde o mais novo até o mais velho, sobre a prevenção a dengue é missão nas escolas da Rede Municipal de Ensino (Reme), em Campo Grande. Seja com música, dança, trabalhos, atividades, os estudantes aprendem e repassam em casa sobre descarte correto de lixo, não deixar água acumulada, colocar areia nos vasos de plantas, medidas simples, e evitam a proliferação do Aedes aegypti.

Na Escola Municipal Nazira Anache, no Jardim Anache, o trabalho de conscientização é desenvolvido a partir do grupo 4 até o 7º ano e aplicado aos quase 1,5 mil alunos.

Segundo a coordenadora pedagógica, Shirley Rodrigues Costa, com o ensinamento sobre o mosquito-da-dengue, há uma mudança de comportamento. “Os alunos conseguem absorver essas informações, porque geralmente a gente não trabalha um tema isolado. Nós fazemos o link com outros temas. Então, como nós temos um projeto de educação ambiental, a gente faz essa ligação do tema com a prevenção à dengue, já que o descarte correto do lixo vai evitar a proliferação do mosquito”.

Shirley diz ainda que com a aprendizagem na escola, os alunos levam para casa, mudando os hábitos também dos adultos. “Eles criam hábitos e podem mudar hábitos lá na casa deles. Na escola trabalhamos todos os temas e eles multiplicam o que aprendem aqui”.

A professora regente do 3º ano da unidade, Thais Fernanda Barbieri, explica que são usados vários métodos para trabalhar sobre a dengue com os alunos. “Nós usamos recursos visuais, recursos físicos, palpáveis e também a música. Porque a música, através da melodia, fica gravado na cabecinha deles sobre o conteúdo e eles aprendem. E isso fica marcado por muitos anos também. Portanto, os alunos entendem que a dengue existe também devido à falta do cuidado com o meio ambiente”.

O aluno Arthur Lopes, de 8 anos, conta que já teve dengue e passou muito mal. “Foi no ano passado, eu me senti mal e não tinha mosquito em casa, porque toda vez a gente esvazia as garrafas do quintal e a caixas d’água fica tampada. Aqui na escola a gente fez cartões sobre a dengue e colocamos lá fora para os outros alunos verem”.

Samuel Oliveira, também de 8 anos, gostou de aprender a música sobre a dengue. “Para evitar o mosquito, precisa tampar a caixa d’água, as garrafas precisam ficar viradas e não deixar a água parada”.

Isadora Pires Nascimento, 8 anos, ensina o que aprendeu dentro de sala de aula. “A gente não pode deixar a água parada, temos que virar as garrafas e temos que tampar as caixas d’água. A minha mãe teve dengue e ela ficou muito doente, temos que combater o mosquito”.

RELATED POSTS

View all

view all