A SEMANA AGORA

Instituto Cândida Vargas, da Prefeitura de João Pessoa, zera fila de laqueaduras

March 20, 2024 | by asemanaagora.com.br

O Instituto Cândida Vargas (ICV), vinculado à Prefeitura de João Pessoa, alcançou um marco expressivo ao zerar a fila de espera para procedimentos de laqueaduras na cidade. Anteriormente, o tempo médio de espera era de aproximadamente um ano. No entanto, com uma reestruturação organizacional e a implementação do programa ‘Opera Mais’, esse prazo foi reduzido para apenas 60 dias. De janeiro até a última segunda-feira (18), foram realizadas 124 cirurgias no ICV.  

Desde o lançamento do programa no dia 25 de janeiro, a equipe da Secretaria Municipal de Saúde tem trabalhado incansavelmente para agilizar os processos e proporcionar um acesso mais rápido e eficiente aos serviços de saúde para as mulheres da região. Como resultado desse esforço concentrado, em pouco mais de 30 dias após o lançamento, a fila de espera foi totalmente eliminada.  

O secretário de saúde de João Pessoa, Luis Ferreira, afirmou que esse avanço é fruto do trabalho oferecido pelo ICV. “É com muita alegria que a gente passa para a população de João Pessoa que o Instituto Cândida Vargas zerou a fila de mulheres que precisavam e queriam fazer uma laqueadura. Nós zeramos as pessoas que estavam cadastradas e continuamos com o serviço de portas abertas para toda e qualquer mulher que, no seu planejamento de vida e familiar, deseja fazer uma laqueadura de trompas e agora pode fazer prontamente”, destacou.  

“Essa iniciativa demonstra o compromisso da Prefeitura de João Pessoa e do Instituto Cândida Vargas em garantir o acesso igualitário aos serviços de saúde reprodutiva, promovendo o bem-estar e a autonomia das mulheres em suas escolhas reprodutivas”, frisou o diretor-geral do ICV, Quintino Régis.  

Janaina Carvalho, moradora de João Pessoa e que foi usuária do serviço, informou que agora está recomendando para as amigas a cirurgia na maternidade. “O Instituto Cândida Vargas, onde a minha cirurgia foi realizada, possui uma equipe extremamente atenciosa. Tanto a equipe técnica quanto os médicos foram muito profissionais e cuidadosos. Destaco especialmente o atendimento humanizado demonstrado pela equipe de enfermagem. Estou recomendando a todas as minhas amigas”, disse.  

Como solicitar – Para as mulheres interessadas em realizar o procedimento de laqueadura, o processo agora é mais simples e ágil. Basta procurar a unidade de saúde da família (USF) mais próxima de sua casa, onde serão verificados se atendem aos critérios estabelecidos pela nova legislação. Em seguida, elas serão encaminhadas para a maternidade para a abertura do protocolo e o agendamento da cirurgia.  

O procedimento – Ligadura tubária ou laqueadura é uma cirurgia para a esterilização voluntária definitiva, na qual as trompas da mulher são amarradas ou cortadas, evitando que o óvulo e os espermatozoides se encontrem. A ligadura das trompas é um método contraceptivo definitivo, portanto, a mulher deve analisar outras formas de evitar a gravidez antes da cirurgia.  

RELATED POSTS

View all

view all